terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Toda forma de amor é valida 2

Narrativa de Ana:

Termino a aula e eu nervosa pra saber o que aquela menina queria comigo,por que ela queria me encontra tão simples só dizer o nome mais tudo bem eu vou encontra ela.
 Na saída ela tava la me esperando tão linda ,nunca tinha visto uma menina tão linda assim,ela veio na minha direção e meu coração começou a bater muito rápido e acho que esqueci ate de respirar,pq essa menina tem esse poder sobre mim e eu nem sei o nome dela.
Ela chegou parou na minha frente e ficou me olhando parece q a gente ficou se olhando por horas quando eu voltei a realidade falei:
Ana: o..oii desculpa por aquilo na aula foi mal.
Carla:tudo bem eu sei q errei com vc,n devia ter te tratado assim.
Ana:agora vc vai me dizer seu nome??
Carla: meu nome é Carla muito prazer e desculpa pela falta de educação
Ana: tudo bem vc n tava num momento bom e eu ri de vc 
Carla: ta chega de desculpas kkk as duas estão desculpadas certo?
Ana :certo.
a gente foi andando se dirigindo pra saída da escola e conversando como boas amigas,ela fazendo muitas perguntas,eu respondendo,resolvi convidar ela pra comer algum lanche
Ana: olha não conheço muito bem a cidade mais queria te convidar pra ir comer alguma coisa comigo só não sei onde te levar kkk pode me ajudar com isso ?? e aceita ir comer alguma coisa comigo?
Carla:conheço um lugar super legal que acabou de abrir e claro que eu aceito ir com vc
Ana: Ta bom então kkk
eu com certeza me enganei com essa menina ela era super legal e extremamente linda. e acho q ela tbm gostou de mim pelo menos to torcendo pra isso.
a gente foi comeu se divertiu muito e rimos bastante ate q chegou a hora de ir embora ela me trouxe ate em casa e me deu um beijo no rosto naquele momento pensei q meu coração ia parar mais voltou a bater logo depois de ela dar um lindo sorriso e ir embora,aquele cena vendo ela ir embora me deu um aperto no coração e eu não tinha ideia do pq. Entrei em casa tomei um banho e fui logo deitar pq queria q o tempo passasse logo pra eu ver ela de novo,ver aquele sorriso lindo que me deixa nas nuvens, dormi pensando nela.
outro dia na escola....
cheguei direto tentar achar a Carla e dizer o quanto me diverti ontem. Mais não encontrei ela.
ela não tinha vindo pra aula.... fiquei muito triste por isso.
minha manhã foi péssima e passou muito devagar,meu dia foi um tédio.
foi ai que eu lembrei que não tinha pedido o numero dela e nem ligar ou mandar msg pra ela eu podia.
no outro dia ela não apareceu de novo fiquei preocupada e estranha cmg mesmo por estar preocupada com uma pessoa que eu não conhecia direito. tava andando no corredor e vi a amiga dela que ela tava conversando no primeiro dia de aula e resolvi perguntar se ela tinha alguma noticia dela.
Ana: oii vc é a amiga da Carla né?é q eu vi vc conversando com ela no primeiro dia de aula
Amanda: oii sou sim meu nome é amanda muito prazer.
Ana: eu sou a Ana e o prazer é todo meu. eu queria saber se vc sabe alguma coisa dela pq ela sumiu faz dois dias q n vejo ela na escola ta tudo bem cm ela?
Amanda:é..que..aconteceu uma coisa.. ela baixou a cabeça e parou de me olhar.
Ana:o que aconteceu? ela ta bem? me fala por favor.
Amanda:ela sofreu um acidente a dois dias atras ela tava voltando a tarde pra casa e foi assaltada ela ficou desesperada e saiu correndo e um carro atropelo ela e fugiu sem prestar socorro.ela começou a chorar e  disse q ela tava no hospital entre a vida e a morte.
aquilo acabou comigo comecei a chorar desesperadamente eu não podia perder ela não desse jeito.



                                                                                                                               CONTINUA...

Desculpa a demora por postar!! e se gostaram e querem que eu continue postando comente!!



quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Não liguem para o que a sociedade diz!!

laura é uma menina que desde pequena sonha com um amor perfeito 
passando o tempo laura cresce e ai se apaixona pela primeira vez
mas com vergonha do que a sociedade ira dizer ela deixa esse amor escapar
alem de magoar muito esse garoto
passa um tempo laura se apaixona de novo mas dessa vez jura não se importar mais com a opinião dos outros porem o garoto não a leva a serio ferindo muito seu coração 
laura segue amando esse menino que só faz mal a ela e que fica com ela quando quer
o primeiro amor de laura agora vive feliz e ela idiota segue atras de um menino que nem da bola pra ela.
agora ela pensa que isso é uma ironia do destino porque quando quiseram dar amor a ela, ela não quis agora ela vive atras de um menino q ta nem ai
mais na realidade ela sabe que só esta infeliz hoje porque ela foi se importar com o que o resto ia pensar
o resto é só resto não temos que dar bola para o q os outros pensam porque se não nunca vai ser feliz
Não liguem para o que a sociedade diz!!você sempre vai ser julgado escolha com o coração não com o que os outros vão pensar e sim no que te faz bem só assim você vai ser feliz!!

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

todas as formas de amor é valida

obs: olha essa historia que eu vou postar agora é uma historia LGBT. se não curtirem esse tipo de historia não é obrigado a ler eu vou postar essa historia pq acho q todas as formas de amor são validas obg pela compreensão!


Carla era uma menina doce e muito meiga carinhosa e sempre de bem com a vida tinha vários amigos e uma vida ótima,porem carla sempre achou q faltava algo na vida dela e tudo isso mudou quando ela conheceu Ana.
 Ana tinha um sorriso lindo,olhos claros,corpo esculturar estilo roqueira mas não tanto.Ana tinha mudado pouco tempo para são paulo onde conheceu Carla.
 No começo elas não se davam nenhum pouco bem parecia que se odiavam,mas no fundo só queriam esconder o q sentiam como se fosse fácil.
 Ana se matriculou no mesmo colégio de Carla,e no primeiro dia de aula de Ana ela estava completamente perdida enquanto caminhava no corredor com a cabeça baixa lendo seu horário de aulas ela esbarrou em carla e foi tao forte o encontro que as duas deram q Ana caiu sentada

-Carla:não olha por onde anda não menina?ana levantou e olhou pra ela e disse:
-Ana:desculpa não precisa ficar tao irritada porque quem caiu fui eu. Carla ficou extremamente furiosa
-Carla: alem de você praticamente me atropelar se acha no direito de dizer como eu devo ou não ficar,ta achando que é quem menina?
-Ana:eu sou a Ana muito prazer.e deu uma risadinha.você não acha q ta muito cedo pra estar nesse mal humor não?
-Carla:eu não te devo satisfação sai da minha frente!carla saiu como um foguete com muita raiva.

Pensamentos de ana: já vi q vou me dar bem aqui,o menininha mais chatinha no minimo deve ser a mais patricinha da escola,mas ela tinha os olhos lindos para o que eu estou pensando ela não tinha olhos lindos eu nao posso pensar nisso ela é patricinha e esse tipo patricinha nunca foi o meu tipo e ainda mais mimada como ela é menina insuportável.

NARRATIVA CARLA:

quem essa menina pensa q é pra falar assim comigo ngm fala assim comigo todos me adoram no minimo ta nessa escola porque expulsaram de outro por esse comportamento metida a roqueira acha que so porque é nova pode me tratar assim ela arranjo a pior inimiga q ela poderia querer.estava chegando na aula quando vejo amanda na porta.amanda no caso é uma das minhas amigas mais confiável conheço ela desde criança.cheguei pra falar com ela.

-Carla:oi amandinha do meu coração q saudade
-Amanda:o que você quer carla?fiz uma cara de triste.brincadeira meu amor também estava com saudades.e deu uma risada
-Carla:meu dia ja não começou bem amanda e você fica fazendo piadinha.ela parou de rir e me olhou
-Amanda:o q aconteceu?conta pra mim
-Carla:essa menina nova praticamente me atropelou no corredor e ainda tava fazendo piadinha com a minha cara, eu só nao sei quando foi q eu dei intimidade pra ela ela é nova e ja ganhou uma inimiga que raiva.amanda ficou me olhando com uma cara e disse:
-amanda:tudo isso por um encontrão q ela te deu é serio isso carla,você sempre tao paciente com todo mundo e tao legal e brigou com a menina por causa disso serio mesmo nao te reconheço. ela me olhava com cara de reprovação mas eu em liguei mas depois pensei será q eu nao tinha sido grossa de mais sara q eu exagerei?
fiquei nos meus pensamentos ate q o sinal pra aula tocou quando eu tava entrando na porta ana entrou na minha frente e ficou me olhando a gente se encaro por alguns segundos e ela entrou na aula.
eu não sentei no meu lugar de costume que era em frente ao professor sentei na ultima fileira na ultima classe e fiquei pensando nem prestei atenção na aula.
sera q eu peguei pesado com ela? sera q devo pedir desculpa? e porque ela ficou me encarando na porta ? ela deve achar q eu sou uma pessoa horrível mas eu não sou ou sera q sou?eu devo ser...fui interrompida dos meus pensamentos por uma pessoa olhei para o lado para ver quem era a tal quando vi q era ela abri um sorriso nao sei porque mas quis sorrir pra ela...


NARRAÇÃO DE ANA


quando eu consegui encontrar minha sala o sinal tinha acabado de tocar.quando eu vou entrar na porta quem eu vejo aquela menina de novo e eu nem sei o nome dela ainda eu fui entrar tentei não olhar pra ela mas foi mais forte q eu aqueles olhos me chamavam atenção e eu fiquei olhando pra eles por alguns segundo e desviei o olhar e entrei na sala. eu nas outras escolas sempre fui a da turma do fundo e como de costume fui para la. eu não sei se é de costume ela sentar no fundo também quando ela entrou parecia q vinha em minha direção mas nao ela passou por mim e sentou na ultima cadeira.
eu queria olhar pra ela,eu queria falar com ela mas eu não podia ela era uma patricinha mimada q não merecia nem um pensamento meu por mais que eu queria ela eu não podia nunca ia dar certo e eu arressem tinha saido de um relacionamento com a minha ex ela era muito possessiva e eu nao aceitava isso por isso o fim do nosso relacionamento. eu estava perdida em pensamentos quando percebi pensava nela de novo eu fui rude em rir dela sem ao menos conhecer ela pensando nisso eu me dei conta q realmente nao conhecia a menina q tomou conta de todos os meus pensamentos que nem seu nome eu sabia então eu pensei porque não perguntar?levantei e fui ate ela,que estava totalmente perdida em seus pensamentos,toquei no braço dela pra chamar a sua atenção quando ela virou e me olhou sorriu pra mim e foi um sorriso tão lindo que ate esqueci o q ia falar e fiquei admirando ela. até q ela disse.

-Carla:olha ana desculpa por hoje cedo eu não sou sempre assim.ouvir ela falar meu nome me deu um arrepio.
-Ana:não eu q não devia ter rido de você me desculpa de verdade.ela me olhou e sorriu de novo.
-Carla:tudo bem então as duas desculpada,eu sei q ta bom o papo mas a gente ta no meio da aula.ela disse isso rindo e fez sinal com a cabeça pra q eu olhasse pra trás,olhei e a professora me olhava com cara de reprovação e mandou eu me sentar no meu lugar eu ja estava indo e lembrei o q ia fazer perguntar o nome dela.
-Ana:olha a gente ja discutiu ja fez as pazes e eu ainda não sei seu nome.
-Carla:fui tão mal educada q nem me apresentei mesmo faz assim me encontra na saída q eu te digo agora vai sentar se não a professora vai mandar a gente pra diretoria. eu fui me sentar e pensei ela quer me encontrar eu não sei se posso ficar tão perto dela e não a beijar e eu não posso beijar ela a gente pode ser amigas apenas isso porque ela segue sendo uma patricinha mimada isso nao mudou.




                                                                                                                              continua.....

olha só eu pretendo botar um capitulo dessa historia a cada semana se vocês quiserem é só comentar
se não eu deixo por aqui essa historia e vocês vão ficar na curiosidade pra saber o final,eu acho né pelo menos eu ficaria. rs